Slider

A Dermatologia é a especialidade médico-cirúrgica que atua em todos os casos fisiopatológicos que englobam a pele, o cabelo, as unhas e as mucosas, sendo possível tratar as alterações cutâneas (cabelos e unhas) bem como a correção dos aspetos estéticos da pele.

NA MAISCLINIC

TEMOS AO SEU DISPOR VÁRIOS TRATAMENTOS PARA A PELE

TRATAMENTOS MÉDICOS

ELETROCOAGULAÇÕES

BIÓPSIAS CUTÂNEAS

CRIOTERAPIA

CORTICOTERAPIA INTRALESIONAL

TRATAMENTOS LASER

Nd Yag LP (lesões vasculares)

Nd Yag QS (lesões pigmentadas)

Clearlift (rejuvenescimento não invasivo)

Erbio fraccionado (rejuvenescimento e cicatrizes de acne)

DYE (Rosacea)

Fotorejuvenescimento

Fotodepilação

TRATAMENTOS LASER

PLASMA RICO EM PLAQUETAS

PEELINGS

MESOTERAPIA

MARQUE

A SUA CONSULTA

COM A DERMATOLOGISTA

DRª. BÁRBARA PEREIRA

PODE TRATAR DOS VÁRIOS TIPOS DE ALOPÉCIAS (PERDAS DE CABELO)

Os tratamentos para a perca de cabelo, provêm desde os primórdios da história do homem. Desde a utilização de ervas, óleos, cinzas, choques elétricos, massagens, laser, perucas, etc, os resultados nunca foram satisfatórios.

Normalmente os benefícios obtidos estão na redução da velocidade de instalação da calvície, e apenas aparecem 6 a 8 meses após o uso contínuo de medicação, porém ainda não existe tratamento médico a curto prazo.

Com a MaisClinic conta com especialistas altamente formados que saberão indicar a melhor forma de tratamento para o seu problema capilar.

OUTROS TRATAMENTOS

Existem vários tratamentos médicos adequados a tipos específicos de alopécias que incluem a suplementação nutricional, antibióticos, antifúngicos, antimaláricos, etc, contudo estão a ser investigadas novas formulações de tratamentos para alopécias.

Como o caso do minoxidil em espuma que parecem ser melhor toleradas do ponto de vista cosmético, formulações em nanossomas que facilitam a penetração do medicamento e ainda o nanoxidil, princípio activo semelhante ao minoxidil mas de menor tamanho o que parece facilitar a sua absorção e eficácia.

Existem estudos que têm comprovado que a Dutasteride tem mais eficácia que o Finasteride na Alopécia Androgenética com igual perfil de efeitos secundários mas, por enquanto, não tem ainda aprovação formal nesta patologia.

Outra novidade prende-se com a eficácia da dutasterida administrada através de infiltrações locais que tem demonstrado eficácia significativa com muito poucos efeitos secundários (uma vez que a quantidade de fármaco absorvida é reduzida) além de que permite uma utilização espaçada com duas a três sessões anuais dado ter uma semivida prolongada.

Está também em investigação a possibilidade de utilização do Finasteride por via tópica o que a comprovar-se a eficácia teria a vantagem de redução dos efeitos secundários relativamente á utilização oral.

O Laser de Baixa Potência parece ter uma actividade positiva no crescimento do cabelo aumentando a passagem de cabelos da fase de telogénese para anagénese mas por mecanismos ainda não completamente conhecidos e com protocolos óptimos ainda por definir.

Na Alopécia Areata, uma das grandes novidades consiste nos fármacos anti-Jak (tofacitinib e ruxolitinib) que têm demonstrado eficácia mesmo em casos de alopécias extensas mas que ainda não têm aprovação formal nestas patologias.

ANTES DE REALIZAR QUALQUER TIPO DE TRATAMENTO

CONTACTE A NOSSA ESPECIALISTA